terça-feira, 8 de março de 2011

Eu me rendo ao Carnaval

Nunca fui muito de Carnaval, mas este ano estou me superando. Até fantasiada eu saí no domingo, como se pode constatar na fotografia. A Lúcia também entrou no clima e incorporou a garota anos....60? E por causa disso, veio parar neste blog, haha.Pois é.
Quem diria. Choque maior vai ser quando eu desfilar pela Avenida Liberdade em uma ala. Sim. Talvez isso aconteça. Eu e a Alice. Pelo menos vou com a @alicenxaqueca pra gente pagar mico juntas, haha. Brincadeira minha. Não é mico!
Nos últimos dias, a parceria Macondo Coletivo e Mocidade Independente das Dores fez eu gostar mais do Carnaval e entrar neste mundo tão interessante e envolvente do nosso Brasil. Frequentei o barracão da Mocidade, acompanhei a bateria, vi o envolvimento dos integrantes, as crianças tocando pandeiro, as meninas sambando, felizes. E comecei a gostar mais do carnaval e admirar as escolas de samba.
Não tem como não se encantar um pouco com o Carnaval. É uma festa realmente grandiosa, apaixonante. As fantasias...as cores...e o samba...É tanta criatividade, imaginação, é tão brasileiro. Sim, me rendi. Vesti-me de malandro da Lapa, sambei e delirei por alguns momentos. E tem mais no dia 19 quando desfila a Mocidade Independente das Dores, em Santa Maria, que este ano homenageia Sérgio Assis Brasil.
Fui.

5 comentários:

  1. Se achou malandrinha!!!!! Hehehehe.

    ResponderExcluir
  2. Putz! Botou minha foto sem permissão! Vô te processar

    ResponderExcluir
  3. Aco o carnaval o samba,a alegria , a festa a fantasia e os espaços para esta confraternização algo muito relevante para as comunidades e grupos humanos.São locais de viv~encia da dança , da música, das artes,do convívio .Só acho que esta multiplicidade não deve se enquadrar em desfiles de Escola, imitando o Rio de Janeiro.É empobrecedor ver Porto Alegre tentando imitar,São Paulo tentando imitar o esquema do Rio.Muito melhor é a festa de Recife, Salvador, de Belém, e porque não criar a nossa própria festa com todo o samba,música e arte saindo pelas ruas de Santa Maria, muitas vezes por ano...

    ResponderExcluir
  4. meninas vocês estão lindas! Mas isso não é fantasia, estão muito comportadas. E eu aqui com livro didático, não curti nada. Droga de prazos

    ResponderExcluir
  5. Irineu, não sei se concordo. Aliás, concordo em parte com tua opinião. Não acho que poa queira imitar o RJ. Eu não sei de onde vem esta tradição de formação de escolas de samba. Sei lá. Mas concordo que em Recife, Salvador a festa é diferenciada mesmo. Tu tens razão, é uma multiplicidade de festejos e costumes.
    Mãe, eu e a Lúcia somos comportadas. Tu acha que tenho medo de processo, Pelúcia. Vai ser o primeiro da minha carreira jornalística, haha.

    ResponderExcluir