quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

Nos passos dos antepassados

Qua ze la cumiera”. Era isto que meu bisavô Alberto Fortunato Dalmaso dizia quando a chuva não vinha na localidade de São Sebastião, onde morou com seus sete filhos. Ele falava isto porque acreditava que ali no local existia uma cunha que dividia as nuvens fazendo com que elas passassem para o lado do rio Soturno ou para o lado do Vacacai mirim dividindo a chuva que teimava em não cair em São Sebastião. Esta foi uma das coisas que eu, meu pai e meu tio descobrimos na nossa expedição na Quarta Colônia à procura de mais informações sobre nossos antepassados.
Deoclécio Dalmaso, Irineu Dalmaso e Silvana Dalmaso saíram a campo na terça-feira, dia 17, para tentar descobrir alguma coisa sobre o trajeto de nossos avôs e bisavôs. Conversamos com muitas pessoas. Infelizmente as pessoas que mais poderiam nos ajudar já morreram. Queremos descobrir onde estão certidões de nascimento, casamento e óbito dos Dalmaso que nos originaram. Fomos a Restinga Seca, pois a região de São Sebastião pertencia a Cachoeira do Sul e depois ficou pertencendo a Restinga. Em Restinga, fomos no cartório pedir os documentos. A funcionária ficou de pesquisar.
Em São Sebastião encontramos o local onde meu bisavô morou. Hoje não há nada, somente uma lavoura de arroz. Conversamos com seu Aldorindo Druzian, que era vizinho dos Dalmaso. Nos contou muitas histórias. Disse-nos ele que os Dalmaso teriam saído dali para Caçapava em função da seca e de problemas com a família Borges que tinha terras ao lado e dificultava a passagem dos Dalmaso para outros lugares. Também descobrimos que um incêndio num paiol dos Dalmaso teria destruído máquinas e muitos produtos. É.... a vida realmente não era fácil.
Também passamos por Nova Palma. Colhemos muitas informações no Centro Genealógico, mantido por um padre de lá. Nesse centro eles têm o registro de todas as famílias italianas que nasceram na Quarta Colônia. Além de pegarmos muita informação, também servimos de fonte, pois eles não tinham registros dos Dalmaso nascidos em Caçapava.
Meu bisavô Alberto Dalmaso, filho de Marco Dalmaso e Santa Scaglia, nasceu na Itália. Encontramos sua certidão de nascimento. Bom...ainda estamos à procura de informações. Queremos saber para onde os Dalmaso foram depois de chegarem a Silveira Martins onde estava o lote destinado a eles. Hoje, o tio foi no cartório de Silveira, mas não encontrou nada ainda.
Belo trabalho investigativo.

21 comentários:

  1. E os registros dos tataravós eram Dalmaso com "s" mesmo? Tu vê só...e a gente acha que conhece a origem da nossa família...bem que poderiam fazer o resgate dos Copetti!!!

    ResponderExcluir
  2. sim, com s. Mas tem uma coisa: Nosso bisavô nasceu na Itália com a grafia Dal Maso na certidão. Se a gente quisesse cidadania italiana teria que mudar nosso nome, separando o sobrenome.

    ResponderExcluir
  3. ahhhh! Então estavam procurando registro dos dalmatas em restinga, hein?? Por isso apareceram no critório...
    Achei ótimo o relato. O tio Quétio é um arqueólogo!!
    beijão pra todos aí em Silveira.

    ResponderExcluir
  4. Esse Dal Maso separado me lembrou do comentário do Umar sobre o nosso sobrenome. Dal maso teria origem árabe que significa "de diamante". Pode ser viagem, mas eu gostei da história.

    Sil, põe umas fotos aí..pesquisa algo no google imagens.

    Putz! temos que dar um jeito numa máquina fotográfica.

    ResponderExcluir
  5. Bah, Pelúcia, nem me fala em máquina fotográfica. Tive que fazer os registros da viagem com meu celular. Não baixei as fotos ainda, por isso não sei como vão ficar. E te prepara que tu que vai pegar os documentos em Restinga, se eles existirem.

    ResponderExcluir
  6. Não esquecer de telefonar para Restinga e transpor as fotos de celular para o computador. Imagine se não conseguires, teremos que fazer o roteiro de novo...o tio Ketio vai ficar uma fera....

    ResponderExcluir
  7. Até o José comentando...que legal! Aí tio Irineu!!!

    ResponderExcluir
  8. Estamos a procura de nossos antepassados,temos algumas informações. Recentemente Ir.Narcisa Dal Maso, filha de Romano Dal Maso, este filho de Angelo Dal Maso, este filho de Marco Dal Maso que imigrou para o Brasil em 1872 com seus filhos. Queremos montar toda a arvore genealógica da família. Com isso promover o 1º Encontro Dal Maso para o ano de 2010 no municipio de Sete De setembro - RS. Ficamos no aguardo de maiores informações. Rúbia Dal Maso

    ResponderExcluir
  9. Então pessoal sou Alexandre Dal Mazo filho de Orlando Dal Mazo, neto de Jose Luis Dalmaso e Rosa Massarente, Bisneto de Bortolo Dal Maso e Adelia Tricotti, Tri-neto de Antonio Dal Maso E Anna Pegoraro.
    ja fiz algumas pesquisas de brasoes e da historia da Familia Dal Maso .
    Pelo que entendi o 1° dal maso que se tem noticia nasceu em 1447.
    Ficaria muito feliz de manter contato com outros Dal Maso.

    ResponderExcluir
  10. Oi pessoal sou Giane Dalmaso filha de Nivaldo Dalmaso e neta de Osvaldo Dalmaso. Não tenho muitas informações sobre minha familia e gostaria de manter contato, talvez assim consigo mais informações sobre minha descendência. bjoo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá.

      Sou VANUZA DALMASO DELARMELINA SOUZA, neta de ISIDORO DALMASO. Estou a procura de informações sobre a família DALMASO. Se alguém tiver informações de parentesco dos antepassados, favor encaminhar para o e-mail; vanuzadalmaso37@hotmail.com.

      Grata.

      Excluir
    2. Meu nome é Jose Dalmancio Druziani , meu face é Druziani Figlio .

      Excluir
  11. Oi meu povo Dalmazzo.Eu sou Maria de Lurdes Dalmazzo, com 2Zs.Filha de Ovidio Dalmazzo e Iva Rosa Dal Forno,neta de Alberto e Regina Nogara Dalmazzo.Se Deus quizer estarei no encontro dos Dalmazzo dia 18 de setembro em Vale Veneto.Uno Saludo Grando a Tutti.

    ResponderExcluir
  12. Oi Dalmasiada. Eu sou Adalberto Dalmaso, filho de Anacleto Angelo Dalmaso, neto de Romano Dalmaso e bisneto de Angelo Dalmaso e tataraneto de MARCO DALMASO O GRANDE. E um filho meu chama-se Angelo Rafael Dalmaso (só agora entendi o porque do Angelo nos Dalmaso) Tambem estaremos no PRIMEIRO ENCONTRO DOS DALMASO. Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Poderia me informa o brasão do Dalmaso ?

    ResponderExcluir
  14. Abraços a todos os Dalmasos. Sou OsvaldoDalmaso filho de Pedro Dalmaso e Italina Grandizoli nac. em SP.24-04-1942 meus tios e pai nac. em Jarinu.municipio perto Jundia SP.

    ResponderExcluir
  15. Olá Sou Dalmaso tbm moro em Curitiba ^^

    ResponderExcluir
  16. Oi galera, sou Lucas J. Dalmaso, filho de Armando Dalmaso e Leonilde Buriol, neto de Egídio Dalmaso e Iva Dal Forno, Bisneto de Alberto Dalmaso. Meu pai nasceu em Faxinal - RS. Sempre que podemos, visitamos a 4ª colônia.

    Minha tia, Maria Dalmaso, casada com Darci Rossato, moram em Nova Palma.

    ResponderExcluir
  17. preciiiisooo falar contigo. sobre a Festa dos Dalmaso desse ano!! somos da mesma linhagem de Marco e Santa Scaglia
    me adiciona no Facebook
    Francelize Dalmaso Busatta

    ResponderExcluir
  18. Olá, família Dalmaso, sou Gilberto Dalmaso, filho de Sétimo João Dalmaso e neto de Sétimo Dalmaso e Rafaela Lauria. Gostaria de informações sobre nossa família, árvore genealógica e brasão. Abs a todos

    ResponderExcluir
  19. Olá, família Dalmaso, sou Gilberto Dalmaso, filho de Sétimo João Dalmaso e neto de Sétimo Dalmaso e Rafaela Lauria. Gostaria de informações sobre nossa família, árvore genealógica e brasão. Abs a todos

    ResponderExcluir