terça-feira, 10 de março de 2009

Ordem ou intolerância?


Eu não queria escrever sobre isso...Mas é inevitável. Todo início de ano letivo é a mesma coisa. "Trotes estão proibidos". Uma lei municipal proíbe o trote nos espaços públicos, uma resolução da universidade proíbe a prática nas dependências da UFSM. Hoje ouvi de um professor da UFSM, num programa de rádio, que até pintar o rosto está proibido. PROIBIDO, PROIBIDO!!!!! Segundo ele, o pintar o rosto é o primeiro passo para um processo que pode levar ao coma alcóolico. Meu Deus!!!! Quer dizer que nem pintar o rosto dos calouros está liberado, apesar de eu ter visto no campus vários bixos com rostos pintados e aquelas plaquinhas de apelidos. Esse professor ainda disse que quem quiser, que se pinte, mas em casa. Ai, ai, ai. Quem é que vai querer se pintar em casa. Dã.
Eu também sou contra abusos. Acho um saco quando os bixos vem pedir moedinha. O mau cheiro incomoda sim. Sou contra o uso daqueles bálsamos horríveis que demora um tempão pra sair. Sou contra a bebedeira também e acho que veteranos e bixos devem fazer suas atividades comemorativas sem importunar as pessoas. E também não suporto ouvir as frasesinhas prepotentes e arrogantes. "Fazer curso tal não é pra qualquer um". Isso me irrita muito. Como se houvesse um curso melhor que outro. Mas o que ando vendo e ouvindo é um comportamento que beira a intolerância ao direito dos calouros comemorarem o ingresso na universidade. Entrar na Universidade é uma coisa que deve ser comemorada, sim e os alunos tem esse direito, oras. E vamos falar a verdade: doar alimentos e fazer ações voluntárias, atitudes admiráveis, não é a mesma coisa que as brincadeiras. É bom para aparecer na imprensa. É claro que as brincadeiras (sadias, sem constrangimentos) são muito mais legais. E tem outra: participa dos trotes quem quer também. Quem não quer porque acha que pode ficar traumatizado não precisa participar. Sem contar que os trotes oportunizam a interação e amizade entre os alunos de diferentes semestres.
Eu até concordo com algumas proibições que objetivam evitar a bagunça generalizada. Só que daqui a pouco vão proibir até as aglomerações. Porque tem gente nessa cidade que entra em pânico quando vê uma aglomeração na rua. Separa, separa!!!! Circulando, circulando!! Os gramados do campus e algumas praças e parques podem ser locais adequados para brincadeiras dos bixos, com limites é claro; sem álcool, sujeira ou mau cheiro. Nem gritos. Poxa, nem gritar pode?

3 comentários:

  1. é isso aí. não gostou, pede pra sair.

    ResponderExcluir
  2. deixa o povo se divertir, cunha!

    ResponderExcluir
  3. Vamos se identificar, pessoa!! Tem medo do que?

    ResponderExcluir